sábado, junho 23, 2018

BRING THE POPCORN | Love, Simon (2018)


Admito que, no início, não estava minimamente curiosa para ver este filme – por alguma razão, associei-o àqueles filmes super clichés, estilo John Green. Não digo que não o seja, mas digamos que surpreende bastante pela positiva.

«Love, Simon» conta a história de um adolescente que esconde um segredo de todos: é gay. A história do filme desenrola-se a partir daqui e o filme é, basicamente, uma tentativa de revelação por parte de Simon, que acaba por conhecer outro alguém na internet com o mesmo segredo. Conversa atrás de conversa, Blue (a outra pessoa com quem Simon conversa online) e Simon inspiram-se mutuamente para «sairem do armário», mas alguém revela-o antes que Simon o faça, tornando o seu segredo público. Como podem imaginar, o mundo de Simon dá uma volta de 180º a partir deste momento, colocando amizades em risco e tornando-o «alvo de chacota» da escola. 

Eu sei, contando assim parece exatamente o filme super cliché que falei mais acima. Mas o que torna este filme tão único são os pequenos detalhes, os momentos de cumplicidade e a nossa realidade ali representada. Na minha opinião, é um filme bastante educativo, terra-a-terra e que transmite uma mensagem: «não estamos sozinhos». 

Acho fantástico que, ultimamente, tenham sido criados mais filmes que apoiem a comunidade LGBT, só tenho pena que seja em forma de «mensagem de igualdade». Em pleno século XXI, entristece-me que sejam precisos filmes para nos provar que tudo isto é normal. Mas, ainda assim, fico feliz por saber que estes «pequenos passos» serão o resultado de «normalização» no futuro, e espero que filmes que representam casais homossexuais sejam feitos, não para passar uma mensagem, mas porque é uma realidade e ela existe. E é normal.

Se quiserem passar um bom serão de domingo com a vossa família e/ou amigos, não deixem de assistir a este filme. É fácil de digerir – não fosse uma comédia romântica cliché –, mas ao mesmo tempo chama-nos à atenção, desperta-nos e educa-nos. Peguem numas pipocas e têm o vosso serão feito, prometo que não se vão arrepender.

Enviar um comentário

© all the bright places . Design by FCD.